Pré Candidata

Pré Candidata
Deputada Estadual

DESGOVERNO DO PT ACABA COM A SAÚDE DOS SERVIDORES PÚBLICOS DE MINAS E SEUS FAMILIARES

DESGOVERNO DO PT ACABA COM A SAÚDE DOS SERVIDORES PÚBLICOS DE MINAS E SEUS FAMILIARES

O desgoverno do PT em Minas não tem limite! Primeiro massacra seus servidores, com parcelamento e atraso no pagamento dos salários, destruindo o planejamento e controle financeiro de todos, não faz reposição das perdas inflacionárias, não repassa aos bancos os valores descontados dos empréstimos consignados, levando ao protesto indevido o nome de vários pais de família, dentre outras atrocidades! Não bastasse, agora está destruindo o atendimento à saúde de todos eles, desviando o dinheiro que deveria ser repassado aos Institutos de Previdência dos Servidores do Estado e dos Militares, IPSEMG e IPSM.

Há tempos o deputado Sargento Rodrigues tem denunciado que hospitais, clínicas e profissionais estão suspendendo o atendimento aos militares e seus dependentes, principalmente em cidades do interior do Estado, por falta de pagamento. Mais recentemente, o problema atingiu também os servidores civis e os serviços da Capital. Da Tribuna da Assembleia, ele reforçou as cobranças ao governo sobre providências para solucionar a situação.

Nos jornais de hoje, ganhou destaque a notícia de que atendimento aos pacientes do Hospital Júlia Kubitschek, da Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig), em Belo Horizonte, está prejudicado por causa do atraso no pagamento aos fornecedores. Faltam materiais básicos, como luvas e gazes, e cirurgias eletivas precisaram ser canceladas pela direção. O deputado também recebeu informações de que os procedimentos ligados ao IPSEMG estariam sendo interrompidos no Hospital da Baleia, e aguarda retorno da assessoria de imprensa da unidade sobre o assunto.

A Santa Casa de Montes Claros, desde ontem (13/06), suspendeu por tempo indeterminado os atendimentos aos convênios do IPSM e IPSEMG, devido a irregularidades no pagamento dos serviços prestados, gerando um desequilíbrio econômico e financeiro à instituição. Também, ontem, começou a circular nas redes sociais, um vídeo feito pelo Vereador Melquisedeque, de Teófilo Otoni, denunciando que o Hospital Santa Rosália, que atende aos moradores das 63 cidades circunvizinhas, vai diminuir, ou até mesmo parar, de receber pacientes para procedimentos cirúrgicos, por falta de materiais básicos necessários. Ele cita, ainda, que os Vales do Jequitinhonha e Mucuri têm sofrido com a péssima condição das estradas, com a falta de repasse de verba para o transporte escolar e que o atraso no repasse para saúde do município já chega ao montante de quase R$ 38 milhões. Em sua fala, chega pedir “pelo amor de Deus” ao Governador Fernando Pimentel, pois o povo não aguenta mais tanto sofrimento, lembrando que o prefeito da cidade, Daniel Sucupira, também é do PT.

Confira as notas e notícia:

https://g1.globo.com/mg/minas-gerais/noticia/hospital-julia-kubitschek-em-bh-cancela-cirurgias-eletivas-por-falta-de-materiais.ghtml

Compartilhar:
← Anterior Proxima  → Página inicial

Conheça a CPO

Siga no facebook

Siga no facebook
Clique

.

.

Seguidores

Google+ Blog da Renata

.

.

Popular Posts

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Pages - Menu