Pré Candidata

Pré Candidata
Deputada Estadual

Deputado Cabo Júlio a Maria do Rosário.

Vamos lá, muita gente me perguntando sobre a retratação do Deputado Cabo Júlio a Maria do Rosário.

Após a Maria do Rosário afirmar que não disse naquele episódio ter falado mal dos policiais e após ter feito uma representação no Ministério Público, o Cabo Júlio se retratou com a mesma por ela não ter dito o que se divulgou.

Agora vai a MINHA OPINIÃO, a Maria do Rosário é crítica costumaz dos policiais e servidores da segurança de todo país.

Ela tem histórico de ataques contra aqueles que nos defendem!

O que me encanta, adicionalmente, na sua fala é o tom. Vamos reler: “O que as pessoas precisam compreender cada vez mais é que, quanto pior a situação dentro dos presídios, mais violência nós teremos nas ruas. Há uma conexão”. Fica parecendo, como veem, que estamos resistindo bravamente àquilo de que Maria do Rosário quer nos convencer. Dá a impressão de que está nas nossas mãos dar menos ou mais dinheiro para o sistema penitenciário.

Nessa fábula, ela é a Fada Boa, aquela que pretende nos conduzir para o caminho do bem!
Mas esperem! O partido a que pertence esta senhora foi governo no Brasil há looongos 13 anos! SSIM, QUEM PRECISA COMPREENDER QUE QUEM DEVERIA INVESTIR EM PRESÍDIOS É O GOVERNO QUE ESSA SENHORA FEZ PARTE ,É O SEU PARTIDO QUE GOVERNOU E NÃO FEZ NADA...

Outra faceta de Maria do Rosário, conheça a história do Bruno.

Bruno levava uma vida normal até que, em abril de 2010, um criminoso de dezoito anos tentou ceifar a sua vida para tomar posse de um aparelho celular. Bruno sobreviveu a tentativa de latrocínio, mas ficou tetraplégico. Antes de sair do hospital e recomeçar sua vida, ainda de seu quarto, assistiu ao mesmo criminoso que destruiu sua vida em um programa de TV, reclamando seus direitos e Maria do Rosário o defendendo ferrenhamente.
O jovem conta indignado que os direitos humanos nunca o procurou, mas que Maria do Rosário, que sempre defendeu os criminosos do país, estava lá em defesa de um homem que, além de tentar matá-lo, já havia matado duas pessoas aos dezesseis anos de idade.

Maria do Rosário e o assassino Champinha

"O contexto completo remonta ao caso de Champinha, jovem de 16 anos que estuprou e degolou a jovem Liana Friedenbach em 2003. Na ocasião, Maria do Rosário defendeu a IMPUNIDADE do estuprador e assassino, porque era "apenas uma criança" nas palavras da deputada petista.  

A Maria do Rosário não representa os Brasileiros!

Quem deveria pedir desculpa é essa senhora por todo desserviço prestado ao Brasil!

Bruno Julio
Ex Secretário Nacional da Juventude

Compartilhar:
← Anterior Proxima  → Página inicial

Conheça a CPO

Siga no facebook

Siga no facebook
Clique

.

.

Seguidores

Google+ Blog da Renata

.

.

Popular Posts

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Pages - Menu