Pré Candidata

Pré Candidata
Deputada Estadual

Cabo Júlio se retrata e pede desculpas a deputada Maria do Rosário por chamá-la de 'vaca'

Cabo Júlio se retrata e pede desculpas a deputada Maria do Rosário por chamá-la de 'vaca'

Medida foi determinação do Ministério Público de Minas, após a parlamentar fazer uma representação contra ele. As ofensas ocorreram há dois anos

ME Marcelo Ernesto

postado em 06/03/2018 15:56 / atualizado em 06/03/2018 16:47

 

(foto: Daniel Protzner/ALMG)

O deputado Cabo Júlio (MDB) teve, nesta terça-feira, que se retratar no plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) por xingamentos que fez a deputada federal Maria do Rosário (PT) há dois. 

11:37 - 07/02/2018Cabo Júlio acusa deputado de ser bandido e andar armado na Assembleia; veja vídeo18:47 - 14/09/2017Cabo Júlio pede desculpas a deputada Maria do Rosário por chamá-la de 'vaca'

No episódio, Júlio chamou a petista de “vaca” ao atribuir a ela comportamento  divulgado em notícia falsa que circulava nas redes sociais. Na fala de hoje ele admitiu que errou e que “não tinha o direito de ofendê-la”.

Continua depois da publicidade

“Estas desculpas devo à deputada devido ao discurso que proferi neste plenário da Assembleia Legislativa, no dia 09 de novembro de 2016, atingindo com palavras indignas sua pessoa.Confesso que fui induzido a cometer esse erro contra a Deputada por notícias falsas que foram veiculadas prejudicando sua imagem, com pronunciamentos divulgados como se fossem seus”, afirmou. 

11:37 - 07/02/2018Cabo Júlio acusa deputado de ser bandido e andar armado na Assembleia; veja vídeo18:47 - 14/09/2017Cabo Júlio pede desculpas a deputada Maria do Rosário por chamá-la de 'vaca'

A medida tomada hoje foi determinada pelo promotor Daniel de Oliveira Marad, após a deputada representar contra Cabo Júlio no Ministério Público de Minas Gerais. 

Além de Rosário, Júlio aproveitou o discurso para estender o pedido de desculpas a todas as outras mulheres, especialmente, as que se sentiram ofendidas e reconhecer que a parlamentar, vítima de sua indignação e que causou o destempero, “tem atuação reconhecida na defesa da vida e contra o crime e a violência, inclusive com leis aprovadas”. 

Em 14 de setembro do ano passado, o deputado mineiro já havia usado o plenário para pedir desculpas à Maria do Rosário. O pedido aconteceu pouco dias depois de o Ministério Público ter aberto um inquérito para apurar a conduta do parlamentar. 

Tudo começou por causa de um assalto em São Paulo, onde um policial militar, que atuava como motorista de Uber , matou dois homens e um adolescente que tentaram assaltá-lo durante a corrida.

Continua depois da publicidade

A postagem falsamente atribuída dizia que se o PM não tivesse reagido somente uma família teria sofrido. “Hoje temos três famílias chorando em razão desse PM opressor. Caso ele não tivesse reagido, apenas uma família choraria. Assim o prejuízo seria melhor para a sociedade”. 

Na época o deputado disse que Maria do Rosário deveria levar os menores para casa.

“Que pra falar uma bobeira dessa era melhor essa 'vaca' calar a boca. (...) Deputada Maria do Rosário do Rio Grande do Sul, enfie a sua língua onde você quiser, mas não fale esse tanto de bobagem não. Sua 'vaca'”, disse.

Compartilhar:
← Anterior Proxima  → Página inicial

Conheça a CPO

Siga no facebook

Siga no facebook
Clique

.

.

Seguidores

Google+ Blog da Renata

.

.

Popular Posts

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Pages - Menu