Pré Candidata

Pré Candidata
Deputada Estadual

Estado lança edital para 76 vagas de delegados substitutos em Minas

Da Redação

horizontes@hojeemdia.com.br

08/02/2018 - 06h00

Divulgação/Polícia Civil de Minas Gerais /

Os novos servidores terão jornada de trabalho de 40 horas semanais, em regime estatutário

Interessados em atuar como delegado substituto da Polícia Civil mineira terão de 16 de abril a 15 de maio para se inscreverem no concurso que será realizado neste ano. São oferecidas 76 vagas a serem distribuídas em unidades localizadas no interior do Estado. O salário inicial para o cargo é de R$ 11.475,57.

O edital do certame foi publicado no Diário Oficial Minas Gerais. O processo seletivo engloba provas e títulos. “Pedimos ao governador e ele nos atendeu com mais esse pleito. Autorizou a realização do concurso para delegado, o que representa um grande ganho para nossa instituição e também para a sociedade”, afirma o chefe da Polícia Civil, João Octacílio Silva Neto.

Inscrições estarão abertas a partir das 9h de 16 de abril até as 23h de 15 de maio pelos sites acadepol.policiacivil.mg.gov.br e fumarc.com.br; a taxa é de R$ 212 


Conforme o edital, ficam reservadas oito vagas a pessoas com deficiência, o equivalente ao percentual de 10% do total oferecido. Caso não haja candidatos com deficiência aprovados ou se o número de pessoas com deficiência habilitadas for inferior à quantidade de postos reservados, esses poderão ser preenchidos por participantes sem deficiência, seguindo-se a ordem de classificação.

Além da aprovação no certame, são requisitos para ingressar no cargo o título de bacharel em direito, idade mínima de 18 anos (completados até a data da posse), ser brasileiro nato ou naturalizado, estar em dia com as obrigações eleitorais (em caso de candidato do sexo masculino, também com as militares) e em pleno exercício dos direitos civis e políticos.

Provas

A avaliação objetiva terá caráter eliminatório e classificatório e deverá ser realizada, inicialmente, em 17 de junho deste ano. A prova será aplicada em Belo Horizonte e terá duração máxima de 4h30. Serão 70 questões de múltipla-escolha, sendo dez de direito administrativo, dez de direito civil, dez de direito constitucional, dez de direito penal, dez de direito processual penal, cinco de direitos humanos, dez de medicina-legal e cinco de noções de criminologia.

A relação provisória dos candidatos aprovados na primeira etapa tem divulgação prevista para 3 de julho.

O concurso público prevê, ainda, provas dissertativa e oral, avaliação psicológica, exames biomédicos e biofísicos, além da análise de títulos e investigação social.

Ao ser empossado, o delegado passará pelo curso de formação técnico-profissional, na Acadepol, e terá direito somente à remuneração correspondente ao primeiro grau do nível inicial da carreira


Para a prova dissertativa serão convocados apenas os 760 candidatos de melhor pontuação, já considerados, se houver, os 76 com deficiência. A avaliação será realizada na capital, com duração máxima de 4h, possivelmente em 12 de agosto. Nesse teste estarão contempladas questões dissertativas sobre as disciplinas de direito administrativo, constitucional, penal e processual penal. 

A terceira fase consiste na prova oral. Para essa etapa serão selecionados os 228 candidatos de melhor pontuação, somando-se os resultados das provas objetiva e dissertativa. O teste está previsto para 2 de outubro.

Compartilhar:
← Anterior Proxima  → Página inicial

Conheça a CPO

Siga no facebook

Siga no facebook
Clique

.

.

Seguidores

Google+ Blog da Renata

.

.

Popular Posts

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

3ª CIA PM IND PE – SUBMETRALHADORA É APREENDIDA POR MILITARES DO CHOQUE

Foto: PMMG 3ª CIA PM IND PE – SUBMETRALHADORA É APREENDIDA POR MILITARES DO CHOQUE 21/05/2018 Na manhã de sábado, 19 de maio, militares ...

Pesquisar este blog

Pages - Menu