Agentes encontram 56 celulares e 2,6 kg de maconha em presídio de Juiz de Fora

Gabriela Sales

gsales@hojeemdia.com.br

09/01/2018 - 15h24 - Atualizado 16h03

WhatsApp/Reprodução /

Material apreendido na unidade prisional foi levado para a delegacia

Mais de 2,5 kg de maconha, dezenas de aparelhos celulares e carregadores foram apreendidos durante uma vistoria realizada por agentes penitenciários no presídio Ariosvaldo Campos Pires, em Juiz de Fora, na Zona da Mata. A ação de repressão e fiscalização aconteceu nessa segunda-feira (8).

Em um dos pavilhões, os agentes encontraram 2,682 kg de maconha, 56 aparelhos celulares, 36 carregadores de celulares, 14 chuços (espécie de faca artesanal), 18 fones de ouvido para celular, três fones auriculares bluetooth, 11 baterias avulsas de celular e 10 litros de bebida alcoólica.

A Secretaria de Administração Prisional (Seap) informou, em nota, que a operação foi desencadeada após investigações internas da Assessoria de Inteligência da Penitenciária Ariosvaldo Campos Pires. A direção da unidade abriu uma investigação preliminar para apurar o fato administrativamente. “O Registro de Evento de Defesa Social (Reds) foi confeccionado pela própria unidade e as investigações criminais ficam a cargo da Polícia Civil”.

Segundo a Seap, todas as unidades prisionais do Estado realizam rotineiramente ações para impedir a entrada e a permanência de materiais ilícitos.

Compartilhar:
← Anterior Proxima  → Página inicial

.

.

Seguidores

Google+ Blog da Renata

.

.

Popular Posts

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Polícia do RJ matou mais que a dos Estados Unidos em 2017, diz ONG

A organização não-governamental  Human Rights Watch  (HRW) lançou na última quinta-feira (18) seu relatório que, anualmente, analisa os  dir...

Pesquisar este blog

Pages - Menu