Pré Candidata

Pré Candidata
Deputada Estadual

Texto Deputado Sargento Rodrigues

Prezados Companheiros e Companheiras,

Acredito, e espero, que todas e todos estejam acompanhando a luta que está sendo travada por este Deputado e pelas nossas Entidades de Classe (somente aquelas que realmente estão comprometidas com os anseios da tropa) exigindo do governo o cumprimento dos nossos direitos conquistados a duras penas pelos servidores da segurança pública.

Vamos primeiro refrescar a memória de alguns desavisados: Nenhum benefício, nenhuma conquista, nenhuma vitória caiu simplesmente do céu, tudo que conquistamos até hoje foi através de muita luta, muita pressão e muito esforço, embora tendo ao nosso lado alguns traidores.

A última grande conquista da classe foi o maior e melhor reajuste salarial de toda a história da segurança pública em nosso Estado. Isso foi em junho de 2011, quando todos nós estávamos unidos em um só propósito de lutar por melhores condições de trabalho e por salários dignos, condizentes ao nosso compromisso de bem e fielmente servir à sociedade, ainda que pelo sacrifício da própria vida.

No entanto, nosso sossego perdurou de junho de 2011 até janeiro de 2016, quando o atual governo anunciou o famigerado parcelamento de salários, que já duram longos e sofridos dois anos.

Estamos há três anos sem a reposição das perdas inflacionarias, que neste período já atingiu 22%, segundo o IPEA.

Nossas famílias estão abandonadas em relação à saúde – obrigação do IPSM, pelo qual somos co-contribuintes - pois o atual governo tem assaltado a minha e a sua contribuição previdenciária mensal.

Já reteve, indevidamente, quiçá beirando ao peculato, algo mais que 600 milhões de reais da reserva do IPSM. Hoje o IPSM está deixando de pagar hospitais, clínicas, consultórios e profissionais liberais afetando diretamente toda a família policial e bombeiro militar.

Nossa luta nunca foi contra qualquer Comandante ou Chefe de Polícia, conhecemos o limite de cada um deles. Mas não podemos deixar de exigir que esses comandantes/chefes se deixem levar pelas irresponsabilidades de um desgoverno, visto e revisto por toda a sociedade brasileira.

Na audiência pública da Comissão de Segurança Pública da ALMG, realizada na última quinta-feira, registrou-se o compromisso do COPM/BM em abrigar a reunião da tropa na próxima quarta-feira 20/12/2017. Hoje, somos tomados pela notícia, uma vez mais, dos esforços do governo atual em dividir a união da tropa e de esvaziar a presença e mobilização de todos nós, policiais, bombeiros e demais agentes da segurança pública.

A nossa pauta de reivindicações é mais abrangente que o anúncio do possível pagamento do 13º salário, vai além disso, por exemplo: a reposição das perdas inflacionárias, as melhorias das condições de segurança na prestação do serviço fim de polícia, o não assalto aos cofres do IPSM, o fim do parcelamento dos salários, a recomposição dos efetivos, a paralisação imediata da perseguição dos oficiais e praças que não rezam a cartilha vermelha do PT corrupto, entre outras urgentes necessidades inegociáveis.

Dito isso, venho reforçar nossa manifestação pacífica com o único objetivo de exigir o cumprimento de nossos direitos por parte do governo.

Você, servidor e pensionista da área da segurança pública de Minas, tem o compromisso e a obrigação de se fazer presente no próximo dia 20 de dezembro, às 14:00 horas, na Rua Diábase, nº 200, bairro Prado, nas portas do Clube dos Oficiais.

Estarei lá, como sempre de pé e a ordem, esperando por você.

Acorde, saia das redes sociais, venha pessoalmente. Sua presença é essencial.

Deputado Sargento Rodrigues
Presidente da Comissão de Segurança Pública da ALMG

Compartilhar:
← Anterior Proxima  → Página inicial

Conheça a CPO

Siga no facebook

Siga no facebook
Clique

.

.

Seguidores

Google+ Blog da Renata

.

.

Popular Posts

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Pesquisar este blog

Pages - Menu