🚨REDE ALERTA🚨

Cabo PM foge de dentro de batalhão depois de condenado a 21 anos por homicídio

Simão Júnior é acusado de envolvimento com grupos de extermínio em Governador Valadares, no Vale do Aço

O cabo PM Simão Conrado Pires Júnior, acusado de pertencer a grupo de extermínio que atuava em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, fugiu depois de condenado a 21 anos por envolvimento em homicídio. Simão, que até já participou de audiência pública na Assembleia Legislativa, em denunciou que era alvo de perseguições dentro da corporação, está sendo procurado na condição de foragido da Justiça.

De acordo com o tenente-coronel Célio Menezes, comandante do 6º Batalhão da PM, o acusado respondia em liberdade pelo crime, mas depois de condenado, o juiz determinou que ele fosse preso. Levado para o presídio militar da região, que fica na sede do batalhão, o cabo fugiu, com ajuda de um filho, que já está preso.

Segundo Menezes, o veículo usado na fuga foi apreendido e foram realizadas várias buscas, mas Simão não foi localizado. O militar que estava responsável pela custódia foi preso em flagrante. Inquérito Policial Militar investiga as circunstâncias da fuga e se o carcereiro foi negligente ou se facilitou a ação.

Reportagem: Jornal Estado de Minas

Compartilhar:
← Anterior Proxima  → Página inicial

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

SOLUÇÃO EMPRÉSTIMOS

.

.

Seu voto em 2018 vai para:

Seguidores

Google+ Blog da Renata

.

.

Popular Posts

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

vcs é artigo 144. eu : perseguições, privações, ataques diários até da tropa q defendi, danos morais. calúnia. difamação. complôs. telefone ...

Pesquisar este blog

Pages - Menu