Morre professora vítima de vigia que ateou fogo em creche em Janaúba

Resultado de imagem para luto mg

Professora há quase duas décadas, Heley Araújo, de 43 anos, tentou salvar as crianças da creche Gente Inocente, em Janaúba, no Norte de Minas, antes de o vigia Damião Soares dos Santos também atear fogo no corpo dela. Horas depois, as queimaduras seriam a causa da morte dela.
Segundo relato da madrinha de um dos três filhos de Heley, Rejane Rodrigues Brito, a professora pediu para que os meninos deitassem no chão e tentou abafar o fogo, o que talvez tenha sido suficiente para evitar a morte de algumas das crianças.
A tragédia na creche remete a uma tragédia pessoal da professora. Doze anos atrás, um filho recém-nascido de Heley morreu afogado em uma piscina. À época grávida, a professora sofreu bastante e enfrentou a dor na sala de aula, ao lado de outras crianças.
Rejane conta que Heley dedicava-se com afinco às aulas e que começou a trabalhar na creche há pouco mais de um ano. "Ela era apaixonada pelos meninos. Dizem que ela tentou bater o fogo, deitar os meninos, rolar no chão, mas ele jogou álcool nela também", conta.

Compartilhar:
← Anterior Proxima  → Página inicial

.

.

Seguidores

Google+ Blog da Renata

.

.

Popular Posts

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Trabalhadores da Segurança Pública vão às ruas em protesto contra o desrespeito do Governo*

*Trabalhadores da Segurança Pública vão às ruas em protesto contra o desrespeito do Governo* A Aspra/PMBM, aliada a outras associações da c...

Pesquisar este blog

Pages - Menu