Pré Candidata

Pré Candidata
Deputada Estadual

Olha o gás

Será que amanhã vão jogar nos PMs de Juiz  de Fora,  que vão para Ouro Preto Amanhã?

Compartilhar:

É triste isso, mas é uma constante na nossa carreira: a intolerância para com a nobre missão da Polícia Militar.

A inversão dos valores, a falta de solidariedade, a insensatez, as induções imperam na coletividade, em grande medida por incompetência e irresponsabilidade das mídias.

Um exemplo dessa inversão de valores, dessa indução, curiosamente acaba de acontecer aqui em MG, com uma "irmã de farda".

Ela, durante seu turno de serviço, foi acionada e, devido seus conhecimentos técnicos em Enfermagem, realizou DOIS PARTOS DE URGÊNCIA, SALVOU DUAS VIDAS.

Certamente foi uma ação meritória, contudo, ao se proceder a leitura da chamada e do editorial do jornal, tem-se a nítida impressão de que a imprensa, ao invés de exaltar a ação, simplesmente questiona o fato da militar DEIXAR DE EXECUTAR O SEU SERVIÇO (CORRER ATRÁS DE BANDIDOS) PARA REALIZAR OS TRABALHOS DE PARTO.

É triste isso, mas é uma constante na nossa carreira: a intolerância para com a nobre missão da Polícia Militar.

Da mesma forma que a sociedade passa a demonizar a Polícia Militar, por conta de informações deturpadas introjetadas no imaginário, pelas mídias e formadores de opinião em geral, o racismo vem sendo assimilado (hoje mais sorrateiramente), pois temos leis(!?) Que punem a conduta(!?).

Um vídeo vem sendo veiculado nas mídias, dando conta de atitudes racistas de crianças brancas, diante de uma negra que tentava ocupar o mesmo espaço que elas em um playground.

O mundo passa por um ciclo nebuloso e é preciso pensarmos em ações, ainda que pequenas, no âmbito da nossa individualidade, objetivando mudar esses contextos: aprendamos a filtrar as informações e mais importante, eduquemos os nossos filhos, quanto a necessidade de resgate de valores.

By Cláudio Ribeiro
Doutorando, Cientista Social, 1° Sgt da Gloriosa PMMG e negro (tudo, absolutamente TUDO com muito orgulho)

Compartilhar:

Promotor que ameaçou PMs após ser flagrado dirigindo bêbado é exonerado do cargo pelo MP

Promotor que ameaçou PMs após ser flagrado dirigindo bêbado é exonerado do cargo pelo MP-MT
https://g1.globo.com/mt/mato-grosso/noticia/promotor-que-ameacou-pms-apos-ser-flagrado-dirigindo-bebado-e-exonerado-do-cargo-pelo-mp-mt.ghtml

Compartilhar:

Compartilhar:

Odair Cunha e chefe da Polícia Civil caem em grampos telefônicos

Odair Cunha e chefe da Polícia Civil caem em grampos telefônicos

Áudios mostrariam possível interferência de Magalhães no comando da PC



Odair Cunha teria antecipado a Magalhães troca na Polícia Civil

PUBLICADO EM 19/04/18 - 03h00

LUCAS RAGAZZI

Informações obtidas pelo jornal O TEMPOcom fontes ligadas às investigações indicam que a Procuradoria Geral do Estado (PGE), que comanda o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), possui, há pelo menos dois anos, gravações de conversas entre o ex-presidente da Câmara Municipal de Belo Horizonte Wellington Magalhães e o atual chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, João Octacílio da Silva Neto.

As gravações foram obtidas pelo MPMG durante investigação que culminou na deflagração da operação Santo de Casa, em dezembro de 2015. Com autorização da Justiça, o órgão grampeou o celular de Wellington Magalhães e teria flagrado conversas com o chefe da corporação nas quais cobraria ajuda em investigações.

Antes de assumir o comando da Polícia Civil no Estado, Silva Neto presidia o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MG). Como chefe do órgão, ele era investigado pelo MPMG justamente em inquéritos que também envolviam Wellington Magalhães. Assim que Silva Neto assumiu o posto na Polícia Civil, ele ganhou foro – com isso, qualquer investigação que envolvesse seu nome precisaria, por lei, seguir para a Procuradoria.

Como mostra outra gravação obtida pelo MPMG, o secretário de Estado de Governo, Odair Cunha (PT), em agosto de 2015, disse a Magalhães que Neto assumiria o cargo. Na época, a chefe da Polícia Civil era a delegada Andrea Cláudia Vacchiano – que também investigava Magalhães e vinha sofrendo pressões para arrefecer ações da corporação contra o vereador.

Na semana passada, Andrea prestou depoimento ao MPMG e a membros da Polícia Civil confirmando que, em reunião com Odair Cunha e Magalhães, recebeu indicações de que precisaria atender pedidos do então presidente da Câmara de Belo Horizonte porque este seria um “amigo de membros da administração”.

Em entrevista coletiva, nessa quarta-feira (18), o promotor Leonardo Barbabella, da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, confirmou a informação sobre o depoimento: “Ela declarou que foi constrangida por Magalhães na frente de Odair Cunha durante essa reunião. Foi pedido para que ela atendesse os pedidos de Magalhães porque ele seria amigo de pessoas da administração”.

O promotor de Justiça disse não ser possível afirmar que a exoneração de Andrea Vacchiano, ocorrida no início de setembro de 2015, tenha relação com a suposta pressão exercida por Odair Cunha e Magalhães. “Ela não afirmou que por isso ela caiu. O cargo dela era um cargo de livre nomeação, então não dá pra apontar isso”, disse Barbabella.

No entanto, nas gravações em posse da Procuradoria, há afirmações de Odair Cunha de que Vacchiano deixaria o cargo em breve. Os documentos em áudio oriundos desse grampo, porém, não avançaram no órgão desde então.

Apesar do depoimento da ex-chefe da Polícia Civil, Barbabella negou que o governo de Minas seja um dos elementos investigados. O promotor também negou que o secretário de Governo Odair Cunha já tenha sido convocado para falar com o MPMG. No entanto, um novo inquérito sobre o tema deve ser aberto pelo órgão.

Outro lado. A reportagem questionou o governo de Minas, a Secretaria de Estado de Governo, a assessoria de imprensa da Polícia Civil e a Procuradoria Geral do Estado a respeito da existência dos áudios e da coletiva concedida pelo promotor Leonardo Barbabella. Até o fechamento desta edição, no entanto, não houve resposta de nenhuma das instituições.

Já o deputado federal Odair Cunha negou, por meio de nota enviada à reportagem, que tenha interferido em investigações. “Com relação à suposta fala do promotor, esclareço que não solicitei o atendimento de demandas apresentadas à ex chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, Dra. Andrea Vachiano, bem como não interferi nas investigações em curso. Independentemente de quem estava ou está à frente da Polícia Civil, as investigações nunca pararam, disse o deputado.

“À Secretaria de Estado de Governo, da qual fui titular, não compete o juízo técnico de conveniência e oportunidade do atendimento de qualquer demanda e sim às áreas específicas. Qualquer afirmação neste sentido e´ especulação. Não admitirei qualquer tipo de ilação que vise imputar-me conduta inadequada”, complementou.

Compartilhar:

CONTATOS com o Blog da Renata


Compartilhar:

Revisão anual de servidores recebe aval de comissão

Revisão anual de servidores recebe aval de comissão

Projetos tratam da revisão dos vencimentos e proventos de servidores do MP, TJMG e TCE-MG.

 

 

Veja álbum de fotos

Três projetos de lei que concedem a revisão anual dos vencimentos e proventos dos servidores do Ministério Público (MP), Poder Judiciário e Tribunal de Contas do Estado (TCE) receberam nesta quarta-feira (18/4/18) pareceres de 1° turno pela aprovação na Comissão de Administração Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

Os projetos 4.872/174.873/17 e 4.931/18, que tratam, respectivamente, das matérias, tiveram relatoria do presidente da Comissão, deputado João Magalhães (PMDB), que opinou pela aprovação deles com o mesmo entendimento dado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). As proposições agora seguem para a Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária (FFO) antes de irem a Plenário.

De autoria do Procurador-Geral de Justiça, o PL 4.872/17 fixa o percentual da revisão anual dos vencimentos e proventos dos servidores do Quadro de Pessoal dos Serviços Auxiliares do Ministério Público do Estado de Minas Gerais referente ao ano de 2017.

A matéria fixa em 4,08% o índice de recomposição, aplicado aos vencimentos e proventos dos servidores do Quadro de Pessoal dos Serviços Auxiliares do órgão, retroativo a maio de 2017.

Revisão salarial para carreiras do funcionalismo avança na ALMG

Conforme o MP, a revisão está dentro dos limites de despesa com pessoal da Lei de Responsabilidade Fiscal, e o reajuste não deve ser aplicado ao servidor inativo cujos proventos tenham sido calculados com base no artigo 40 da Constituição Federal.

Já o PL 4.873/17 fixa em 3,2% o índice de revisão para os servidores do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), com aplicação também retroativa a maio do ano passado.

A exceção é para os servidores citados no artigo 2º (inativos de que trata o mesmo artigo 40 da Constituição Federal e aqueles de que trata o artigo 9º da Lei Complementar 100, de 2007). A proposição destaca que, para esses, não vale o reajuste, devendo ser observadas as regras e os critérios estabelecidos pelo Regime Geral de Previdência Social. A matéria é de autoria do tribunal. 

No caso desses dois projetos, os pareceres da CCJ trouxeram emendas que excluem o artigo 3º dos textos originais. Nas duas situações, o texto retirado diz que as despesas resultantes da aplicação da lei correrão por conta das dotações orçamentárias consignadas aos respectivos órgãos.

Tribunal de Contas – O PL 4.931/18 reajusta em 2,95% os vencimentos e proventos dos servidores do Tribunal de Contas, instituição autora da matéria. O PL fixa o percentual de revisão para aplicação a partir de janeiro de 2018 e segue o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) apurado no ano de 2017.

A CCJ apresentou uma emenda ao projeto para excluir do texto original o artigo 5º, que diz que as despesas resultantes da aplicação da lei correrão por conta da dotação orçamentária do TCE. O parecer da CCJ destaca também que a proposição de reajuste para o órgão é uma competência exclusiva do tribunal, que assim pode proceder desde que haja dotação orçamentária suficiente para atender às projeções de despesa com pessoal.

Debates - Durante a apreciação dos projetos, o deputado Sargento Rodrigues (PTB) destacou a obrigação constitucional da revisão geral anual para os servidores públicos e disse que há quatro anos o governo do Estado descumpre essa determinação. “Isso não é reajuste. É só para recompor a perda inflacionária. Quero lembrar ao governador que ele não cumpriu suas promessas de campanha”, afirmou.

Consulte o resultado da reunião.

Temas: Administração Pública Finanças Públicas

Compartilhar:

CURSINHO PARA CONCURSO PMMG - EU INDICO


Compartilhar:

Teófilo Otoni - Tático Móvel apreende 52kg de maconha, 1/2 kg de cocaína e 300 gramas de crack.

Durante operação no bairro Novo Horizonte, Tático Móvel apreende 52kg de maconha, 1/2 kg de cocaína e 300 gramas de crack.

Equipes:

TM Comando
Ten Lorentz
sgt Amorim
Cb Vitor
Cb Ronaldo

TM 92
Sgt Leal
Cb Parsons
Cb Jisleres
Cb Nadabe

TM 95
Sgt Marcio
Cb Ricardo
Cb Eder

Compartilhar:

Os Agentes precisam de tratamento psicológico URGENTE


Compartilhar:

Soldado da PM suspeito de matar a ex e fugir com a filha é preso em BH

Soldado da PM suspeito de matar a ex e fugir com a filha é preso em BH

A garota também foi resgatada e, segundo a Polícia Militar, ela passam bem. Detalhes sobre a prisão serão repassados ainda nesta quinta-feira

JH João Henrique do Vale

 

Solado matou a ex companheira no último sábado em Santos Dumont(foto: Divulgação)

Depois de seis dias de buscas, o soldado da Polícia Militar Gilberto Novaes, suspeito de matar a ex-mulher a tiros em Santos Dumont, na Zona da Mata, e sequestrar a filha de 4 anos, foi preso. O serviço de inteligência da Polícia Militar conseguiu identificar a localização do homem, que acabou detido em Belo Horizonte. A garota também foi resgatada e, segundo a PM, passa bem.

Uma grande operação foi montada para capturar o militar desde sábado, dia do assassinato. Uma força-tarefa composta por policiais Militares e Civis buscou pistas que pudessem levar até o soldado. A prisão dele aconteceu nesta quinta-feira. Os detalhes sobre a captura serão passados ainda hoje em coletiva de imprensa. 

As apurações inicias das corporações indicam que o crime foi planejado. Segundo a PM, ele teria se planejado financeiramente para a fuga. Saques foram feitos na conta do militar dias antes do crime. O modo como ocorreu o assassinato reforça a tese. A ex-companheira do soldado foi morta a tiros na casa dela, no Bairro Córrego de Ouro, em Santos Dumont. 

Gilberto teria atacado a mulher quando ela saiu de casa para receber comida encomendada. A polícia relata que o namorado da vítima disse que estava na casa quando o militar entrou armado na residência, disparou contra a mulher e saiu com a filha no colo. Ele informou que teve de se esconder atrás de um poste para se proteger quando ouviu os tiros. 

O soldado utilizou o carro de um colega para não ser reconhecido. O proprietário do carro foi ouvido e disse que o militar trocou de veículo com ele dias antes. Não foi divulgado qual o motivo para a troca.



De acordo com a PM, o policial estava afastado por problemas psicológicos e era ligado ao 29º Batalhão, de Poços de Caldas, no Sul de Minas. A vizinhança disse aos investigadores que as brigas entre Gilberto e Sthefania eram frequentes e brutais, motivo pelo qual ela pediu proteção à polícia.

Compartilhar:

Governo de MG paga última parcela do 13º de servidores hoje

Compartilhar:

O CALOTE DE PIMENTEL


Compartilhar:

12RPM-62BPM-286CiaTm

*12RPM________62BPM*
*🦅⚡286CiaTM⚡🦅*
_________________________
*🚨Tráfico de Drogas🚨*
_________________________
▪Tv- Jaider Matias
▪Bairro- Limoeiro
☆Autor- Paulo Ricardo da Silva

Após denúncia recebida realizamos cerco na casa do autor e no local denunciado foram localizados os seguintes materiais:

*•205 Pinos de cocaina*
*•01 Pacote contendo vários microtubos*
*•01 aparelho celular*
*•R $15,00 em dinheiro*
----------------------------
   ⚔⚔Equipes⚔⚔
🦅TM 20452
Sgt Vandeir
Cb Teixeira
Cb Flávio

🚔RP
Sgt Ricardo
Sgt Cota
Cb Walter
Sd Bernardes
*" Águia sempre altiva e vigilante "*

Compartilhar:

Compartilhar:

IPVA adiado para servidores e pensionistas do governo do Estado vence quinta-feira

IPVA adiado para servidores e pensionistas do governo do Estado vence quinta-feira

Da Redação

portal@hojeemdia.com.br

18/04/2018 - 17h18 - Atualizado 17h44

Maurício Vieira /

O pagamento deverá ser no valor integral do tributo, com desconto de 3%

Vence nesta quinta-feira (19), o prazo para os servidores públicos do Executivo estadual (ativos, inativos e pensionistas) quitarem o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2018 e o Seguro DPVAT. O prazo estendido foi concedido a parte do funcionalismo mineiro que teve o 13º salário de 2017 parcelado em quatro vezes.

O pagamento deverá ser no valor integral do tributo, com desconto de 3%. Quem optou por antecipar a quitação de alguma parcela deverá pagar as parcelas restantes sem desconto. Os servidores poderão efetuar o pagamento do IPVA e do Seguro DPVAT normalmente, nos terminais de autoatendimento ou guichês dos agentes arrecadadores autorizados (Bradesco, Mercantil do Brasil, Caixa Econômica Federal, Santander e Sicoob).

O documento também pode ser pago através do internet banking informando o número do Renavam do veículo. Para pagamento nas casas lotéricas, Mais BB e no banco postal (Correios) é necessário levar a guia de arrecadação, que deve ser retirada no site da Secretaria de Fazenda, nas repartições fazendárias ou nas Unidades de Atendimento Integrado (UAI).

O não pagamento do IPVA gera multa de 0,3% ao dia, até o trigésimo dia, e de 20% após o trigésimo dia. Os juros são calculados sobre o valor do imposto ou das parcelas devidas, acrescido da multa, baseada taxa referencial do Sistema Especial de Liquidação e Custodia (Selic).

Compartilhar:

Análise feita por um soldado.

Análise feita por um soldado.

"Companheiros Boa noite. É  a coisa ta complicada , salário dividido,  Conveniados desistindo de atender pq demora ou as vezez nem recebe direito,  defasagem salário , reajuste nem pensar etc. Bom diante de td este cenário,  pra quem é dos mais antigos remete nos as lembranças de 1997 e certamente surge uma questão : pq teve o movimento em 97 ? Faço a seguinte análise.  Bom antes se ingressava na PM por vocação pois o salário não era tão  atrativo . Geralmente quem buscava a PM  era os filhos de PMs ou de pessoas de classe baixa,  não exirgia superior 8a  serie , bom condicionamento físico,  teste psicotécnico ferrenho " não se falava em recurso administrativo ou judicial pra reprovado" e depois  selecionada a turma ralava de verdade.  Bom passado a  pronto o PM ia pra rua , o mais antigo era posto , o cb era sr. Cabo profissional de excelência operacional,  sabia td do rua , conhecia bandidos pelo "faro". SGT era realmente elo entre praça e oficiais e estes eram vistos com admiracao e profundo respeito que beirava o temor. Estes PMs eram dedicados , trabalham em escalas de 6x 18 , 12 x 36 etc , fora as extras e as duas chamadas semanal para instrução e educação física.  Eram vocacionados,  a arma padrao era 38 a veraneio era VP top. O RDPM não dava segunda chance , o PM que não se enquadrava ia pra rua ex oficio . Foram estes PMs que fizeram o movimento em 1997. Marco e divisor de agua na gloriosa PM  . Após os anos 2000 teve algumas mudanças que de fato deverá ter pois benefeficas . Todavia no meu modesto entendimento a PM perdeu mt pois os salário passou a ser o principal atrativo,   busca se na PM emprego e trampolim pra outras profissões, filhos de ricos hj sonha em ser PM , não se tem mais rigor na seleção  ( sem dúvidas a prova escrita /intelectual ) mais dificil nao se tem mais " ranca " como antes , jornada hj é caminhada de lazer etc. Antes cobrava se postura e compostura,  o PM era atento ao serviço , ia buscar o infrator onde ele estivesse , sempre " conversava com ele / infrator  e com jeitinho ele entregava  td,  hj a equipe td  fica no ZAP " bisonhando" dando sopa pro azar. Lógico o crime evoluiu,  Hj em qq lugar tem arma pesada,  qq moleque se olhar feio pra ele , ele chama os Direitos Humanos o "RDPM" do crime organizado funciona até com mais severidade que o extinto RDPM nosso . Hj temos com o mais devido respeito , uma tropa diferenciada que nunca compara a tropa dos anos 90 que participou do movimento.  Hj após ingressar nos qq , anos amos depois , dorme se soldado e amanhece Cb depois faz curso a distancia pra sargento,  aumenta as dívisas e tira o entusiasmo. A democratização da PM não fez bem pricipalmente pra segurança pública pois no meu modesto entendimento temos hj vários funcionários públicos fardados e pouquíssimos Policiais Militares. Enqto isso vamos assistindo inertes o fracasso do IPSM , o descaso do governo e os bandidos tocando terror. Peço desculpa aos companheiros que pensa de forma contrária. Boa noite a todos"

Crédito Asp 83 José Carlos (Barbacena MG)

Compartilhar:

Pimentel quer Dilma como Deputada federal💩

O governador Fernando Pimentel (PT), de Minas Gerais, está empenhado em convencer Dilma a ser candidata a deputada federal - não a senadora. Ele precisa da vaga de senador para oferecer ao PMDB. Calcula que se Dilma for andidata à Câmara, ajudará a eleger mais 5 deputados. https://t.co/tqlpbMdc2l

Compartilhar:

Governo de Minas Gerais reforça atuação do Corpo de Bombeiros ampliando atendimento no interior

Governo de Minas Gerais reforça atuação do Corpo de Bombeiros ampliando atendimento no interior

De acordo com o Plano de Comando 2015/2026, unidades são elevadas com aumento da estrutura, como é o caso de Ipatinga. Localidades menores recebem postos avançados

Frota do Corpo de Bombeiros ultrapassa a marca de mil viaturas em Minas Gerais

ícone de compartilhamento

Governo do Estado tem trabalhado, desde 2015, na elevação (ascensão administrativa e operacional) de unidades do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG)existentes nas diversas regiões mineiras. A medida aumenta a segurança, a autonomia e aproxima mais a instituição da sociedade.

No próximo dia 19 de abril, a 3ª Companhia Independente de Bombeiros, sediada em Ipatinga, (Território Vale do Aço) se transforma no 11º Batalhão de Bombeiros Militar. A solenidade de elevação ocorre às 10 horas, na Rua Ituiutaba, no centro da cidade.

A nova estrutura representa um aumento superior a 30% no seu efetivo, podendo chegar a 368 bombeiros militares, 89 a mais do que é definido para a companhia independente, cujo número chega, no máximo, a 279. 

Com a elevação, O 11º Batalhão de Ipatinga ficará responsável pela cobertura de 85 municípios em uma área de 27.323,50 km2, alcançando mais de 1,5 milhão habitantes. Em 2017, a 3ª Cia Independente de Ipatinga ocupou a terceira posição entre as unidades que mais atenderam ocorrências no estado, com 31.447 ocorrências.

Companhia de Ipatinga será elevada a Batalhão - Crédito: Divulgação/CBMMG

Presença nos territórios

No panorama geral, em 2014, o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais contava com 58 unidades para cobrir todas as regiões do estado. Neste início de ano já são 66 unidades, sendo que algumas cresceram e foram elevadas.

A previsão é de que até o fim do ano estejam em funcionamento mais de 70 unidades, integradas por um efetivo de 6.066 homens e mulheres. A frota compõe-se de 1.048 viaturas, de acordo com levantamento de março de 2018.

Desde 2015, sete pelotões se tornaram companhias sediadas em Alfenas, Araguari, Conselheiro Lafaiete, Diamantina, Lavras, Pará de Minas e Teófilo Otoni. Os pelotões de Araxá e Manhuaçu serão os próximos a passar por essa elevação.

Também nesse período cinco companhias foram elevadas a companhias independentes nos municípios de Poços de Caldas, Barbacena, Patos de Minas e Ipatinga, que avança mais uma posição, em razão de estudos atualizados mostrando as necessidades do Vale do Aço.

 Novas aeronaves

As elevações - promovidas a partir de planejamento previsto no Plano de Comando 2015/2026 - melhoram significativamente o tempo de resposta com uma melhor estrutura e tornam as unidade capazes de salvar mais vidas.

A cada ano que passa, o número de ocorrências aumenta, assim como a confiança na instituição, que passa a atuar mais perto da população. Em 2016, foram 331.301 ocorrências atendidas em todo o estado, enquanto, em 2017 o número chegou a 341 mil, aproximadamente 10 mil a mais, conforme o Anuário Estatístico 2017 do Centro Integrado de Informações de Defesa Social (CINDS).

Para aumentar a eficiência dos Bombeiros, o Governo do Estado também investiu na compra de aeronaves para atender o interior. Dois helicópteros - modelo Esquilo - serão integrados à frota do Comando de Aviação do Estado (Comave). Um deles, que ficará em Uberaba, atenderá, preferencialmente, o Triângulo Mineiro e a região Noroeste. O outro reforçará a base aérea de Montes Claros para atendimento à região Norte.

As operações se efetivam a partir de uma parceria firmada entre o CBMMG e a Secretaria de Estado de Saúde (SES), inclusive para o trabalho de resgate, transporte de órgãos e tecidos para transplante. Atualmente, o Corpo de Bombeiros possui três aeronaves, sendo um avião EC 145 com capacidade para dez pessoas e um helicóptero na capital mineira; o outro helicóptero está baseado em Varginha para assistência à região Sul do estado.

Pelotão de Resplendor - Crédito: Divulgação/CBMMG

Meta de 120 unidades

Outra ação paralela é a expansão de unidades dos Bombeiros no interior por meio dos postos avançados, que estão sendo instalados em dez municípios estratégicos, em 2018. Com essa expansão, 410 mil pessoas serão beneficiadas diretamente, com atendimento da corporação.

A meta do Plano de Comando é levar cobertura a todos os municípios com mais de 30 mil habitantes até 2026, o que significa aumentar de 66 para 120 unidades. Em alguns casos, municípios com mais de 15 mil habitantes poderão receber postos dos Bombeiros, ainda conforme previsão do Plano de Comando.

Para todas as unidades, o Estado formaliza parceria com as prefeituras que ajudam na cessão de instalações, entre outras necessidades, como custeio e manutenção de viaturas. 

Segundo o subchefe da Seção de Instrução e Operações do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, capitão Marcos Anderson Viana Soares, a elevação de uma unidade ou a criação se dá após estudo técnico minucioso.

“Numa situação de urgência ou emergência, os pelotões existentes têm de ser apoiados por uma companhia, e esta por unidades maiores, como companhias independentes ou batalhões. A elevação tem como eixo principal o atendimento à população com mais eficiência, ou seja, atender mais pessoas simultaneamente e dar apoio às frações subordinadas”, acentua o capitão.

O oficial exemplifica que o Posto Avançado de Congonhas, recentemente inaugurado, deve ser apoiado pela Companhia de Conselheiro Lafaiete, em seguida por Barbacena e até mesmo por Belo Horizonte.

Para tornar possível a lotação de efetivo nas novas unidades ou naquelas que foram elevadas, o comando do CBMMG tem realizado reestruturação administrativa a fim de designar mais pessoal para o trabalho operacional.

“Reafirmo que as elevações dão maior capacidade de resposta operacional aos Bombeiros nos municípios e regiões onde foram identificadas necessidade de melhor atendimento e maior eficiência na gestão. As unidades menores, como pelotões e postos avançados, devem ser apoiadas por unidades maiores, como companhias independentes. Esse apoio poderá ser operacional e ou administrativo”, ressalta o capitão Viana.

Efetivo do posto de São João Evangelista -  Crédito: Divulgação/CBMMG

Os critérios objetivos que são observados para a existência de unidade dos bombeiros são:

1) população;

2) participação do município no PIB mineiro;

3) número de veículos emplacados;

4) grau de urbanização;

5) número de edificações comerciais e industriais;

6) distância entre o município e a fração de bombeiros mais próxima;

7) número de óbitos por causas externas;

8) patrimônio histórico instalado;

9) região lacustre por número de afogamentos;

10) área ambiental protegida;

11) aeroporto/aeródromo;

12) Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). 

No topo da confiança

De acordo com pesquisa realizada, anualmente, pelo Ibope Inteligência, os Corpos de Bombeiros lideraram novamente a relação de instituições mais confiáveis do Brasil, em 2017. Isso ocorre desde 2009, com o Índice de Confiança Social (ICS) chegando a 86 pontos, ano passado.

Compartilhar:

Abono fardamento


Compartilhar:

Durante inauguração do 35º Batalhão da PM, professores protestam contra governo

Durante inauguração do 35º Batalhão da PM, professores protestam contra governo

Funcionários da educação estão em greve desde o começo de março deste ano

PUBLICADO EM 17/04/18 - 20h22

Da Redação

Durante a inauguração da nova sede do 35º Batalhão da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), em Santa Luzia, Região Metropolitana de Belo Horizonte, servidores estaduais da educação protestaram contra o governador Fernando Pimentel (PT).

A categoria reivindica o pagamento do piso salarial e o fim do parcelamento do 13º salário de 2017. A classe está em greve desde o dia 8 de março. Assembleias foram realizadas desde então e os professores e outros servidores da área decidiram continuar em greve.

De acordo com o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG), uma nova assembleia deve ocorrer nesta quarta-feira (18), no pátio da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), a partir das 14h.

Compartilhar:

*Área do 39 BPM* *TENTATIVA DE ASSALTO CONTRA MILITAR

*Área do 39 BPM*
*TENTATIVA DE ASSALTO*

Militar deslocando para o serviço em seu veículo, sofreu tentativa assalto. 01 autor baleado socorrido outro evadiu. Av João César De Oliveira próximo ao Bela Vista. Militar está bem. Ele é do 2° BPE...

RP 123 acaba de abordar o segundo autor com uma replica 6h11min

Ocorrência em andamento
Chamada 13809238

Compartilhar:

Compartilhar:

Compartilhar:

GLEISI CONVOCA MUÇULMANOS PARA “LUTAR” POR LULA!

GLEISI CONVOCA MUÇULMANOS PARA “LUTAR” POR LULA!
Está passando nas TVs do Oriente Médio.  Gleisi Hoffmann convoca o "mundo árabe"  para ajudar Lula. Isso não foi divulgado mas mídias brasileiras. 😱😱😱😱

Compartilhar:

Através de liminar

A ASSOCIAÇÃO DOS OFICIAIS DA POLÍCIA MILITAR E DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DE MINAS GERAIS – AOPMBM na defesa da família militar estadual, interpôs Ação Civil Pública em desfavor da Instituição Financeira Banco do Brasil e, em caráter de medida liminar, logrou  êxito em garantir a todos os militares estaduais (ativos, inativos e pensionistas), que os devidos descontos consignados serão debitados  na segunda parcela do pagamento. Agradecemos a confiança de todos na atual gestão.
A informação completa estará disponível a partir de amanhã  no site aopmbm.org.br
Compartilhar:

Compartilhar:

Compartilhar:

Sei que vão falar muita bobagem,mas caberia nossas associações e creio que até nossa comando um postura mais séria diante deste disparate,o comandante geral em nenhum momento veio a público informar sobre os desvios no IPSM,o Seplag se calou diante destes desvios,e no caso nós acreditávamos que as coisas estavam em seu curso normal,a judiciário todo vendido, então,se alguém pode tentar mudar isto, seremos nós, no próximo pleito.

Compartilhar:

"O plantio é facultativo, mas a colheita é obrigatoria ".

Encontrei com um oficial no NAIS, de praxe, nem olhou na minha cara. Quando estava da ativa, era um cara completamente arrogante, me olhava de cima embaixo e nunca me desejou nem um bom dia. Como estou acostumada com diversos tipos de humores, personalidades,  educação e a falta dela. Sempre desejava um bom dia a ele. Sempre  dificultou  minha entrada no batalhão. Me causou grande tristeza,quando um Praça me perguntou se eu o conhecia e lembrava dele, disse que sim . E se lembrava como ele tratava os subordinados. Disse que ele havia aposentado ao mais alto posto da PMMG.  Só que está com câncer terminal por todo o corpo. Cuidado com o que você faz com as pessoas. A gente paga aqui. O que eu posso fazer é pedir a Deus que tenha misericórdia, desejo Melhoras, confie, porque para Deus nada é impossível.

Compartilhar:

Nota do senador Aécio Neves

Nota do senador Aécio Neves

“Recebo com serenidade a decisão da 1ª Turma do STF, confiante de que, agora, haja espaço para a apresentação e avaliação das provas da defesa.

Estou sendo acusado tendo como base uma ardilosa armação de criminosos confessos, aliados a membros do Ministério Público, que construíram um enredo para aparentar que cometi alguma ilegalidade. Não cometi crime algum.

Minha prioridade será apresentar à Justiça todos os fatos que demonstram a absoluta correção dos meus atos e de meus familiares. Não tenho dúvida de que isso será demonstrado. A verdade há de prevalecer.

Não posso deixar de alertar que as denúncias que hoje a mim fazem foram construídas sobre sucessivas ilegalidades. É preciso que a Justiça reconheça em definitivo que não se pode considerar válidas denúncias originadas de um flagrante armado com o intuito de gerar impressão de crime, já que não há qualquer prova de que crime houve.

É preciso ainda esclarecer que a atividade parlamentar não pode ser criminalizada por aqueles que não concordam com opiniões e propostas apresentadas por deputados e senadores. E isso não em meu benefício, e sim em respeito à lei, à democracia.

Não esmorecerei enquanto não provar minha inocência. Vou fazê-lo em respeito à minha vida pública, à minha família e aos milhares de brasileiros, e especialmente mineiros, que confiaram em mim durante 32 anos de mandatos consecutivos.”

Aécio Neves

Brasília, 17 de abril de 2018.

Compartilhar:

Esclarecimentos quanto a validade do Curso Sequencial para ingresso na PMMG

Esclarecimentos quanto a validade do Curso Sequencial para ingresso na PMMG

PMMG passa a aceitar todos os cursos sequencias e não somente os que forneciam diploma.

https://youtu.be/cyipMdPkTz4

* Se vai aceitar no próximo concurso que foi solicitado pela PMMG, e depende do parecer do MEC, NÃO SEI


No ano de 1999 o MEC editou uma Resolução que fazia a previsão de dois tipos de cursos sequenciais, o curso superior com formação específica e o curso superior de complementação

curso superior de formação específica dava direito ao diploma, enquanto o de curso superior de complementação dava direito ao certificado. O curso sequencial de formação específica tinha previsão de carga horária mínima de 1.600 horas e 400 dias letivos, enquanto o de complementação tinha carga horária livre. Isso conforme previsão da RESOLUÇÃO CES N.º 1, DE 27 DE JANEIRO DE 1999. 

Com fundamento nessa resolução (RESOLUÇÃO CES N.º 1/1999), a PM exigia através do Edital o DIPLOMA, que somente era fornecido no curso sequencial de formação específica. Por esse motivo, na matrícula (quando ainda não é exigido a apresentação do diploma), a PM exigia o certificado de conclusão do curso constando a quantidade de horas do curso e os candidatos com curso de carga horária inferior a 1.600 horas tinham a matrícula indeferida. Porém, essa resolução do MEC foi revogada por uma nova, a RESOLUÇÃO Nº 1, DE 22 DE MAIO DE 2017. 

Com fundamento na revogação da Resolução CES nº 01, a partir de 22 de maio de 2017, a PMMG não pode mais fazer distinção quanto aos cursos sequenciais e, portanto, todos os cursos sequenciais passaram a ser aceitos como preenchimento do requisito de escolaridade exigido pelo Estatuto da PMMG. 

Importante informar que no último concurso para Soldado PMMG da Capital, todos os portadores de certificado de conclusão de cursos sequenciais tiveram suas matrículas deferidas e estão fazendo o curso normalmente.

Cabe ressaltar, que com base na nova resolução os cursos sequenciais serão substituídos pelos cursos tecnólogos, dentro de dois anos, contados a partir da publicação da nova resolução (Resolução CES nº 01/2017).

Fonte: Polícia pela ordem

Compartilhar:

Cadeia nele


Compartilhar:

MP ameaça ir à Justiça caso Detran transfira às empresas privadas vistoria em veículos

MP ameaça ir à Justiça caso Detran transfira às empresas privadas vistoria em veículos

Promotor Leonardo Duque Barbabela questiona transferência da atividade, que constitui poder de polícia. Estado garante que vai continuar exercendo esse poder e que vai agregar tecnologia com entrada de empresas

GP Guilherme Paranaiba

postado em 17/04/2018 13:26 / atualizado em 17/04/2018 13:43

 

Vistoria de veículos foi discutida durante audiência pública na ALMG nesta terça-feira(foto: Guilherme Paranaiba/EM/D.A PRESS)

O Ministério Público de Minas Gerais promete entrar com uma ação civil pública na Justiça caso o Departamento Estadual de Trânsito de Minas Gerais (Detran/MG) transfira para empresas privadas a atividade de vistoria veicular, exigência para todos os motoristas de veículos no momento da transferência de propriedade, ou de alteração do município de registro.

Continua depois da publicidade

PUBLICIDADE

inRead invented by Teads

10:36 - 17/04/2018Bombeiros encontram corpos de jovens afogados no Rio São Francisco10:14 - 17/04/2018MPMG deflagra operação contra explosão de caixas no Norte de Minas22:04 - 16/04/2018Polícia promete medidas contra assaltos no entorno do Colégio Santo Agostinho

O órgão já instaurou um inquérito civil, presidido pelo promotor Leonardo Duque Barbabela, no momento em que teve acesso a um decreto publicado em fevereiro e assinado pelo governador Fernando Pimentel (PT) que estipula o credenciamento de empresas privadas para realizar o serviço. O MP recebeu uma série de denúncias no momento da constituição das empresas, entre elas a criação das pessoas jurídicas antes mesmo da edição do decreto, o que configuraria vazamento de informações. Outro problema seria a presença de um mesmo dono para mais de uma empresa. 

Segundo Barbabela, desde 2009 o tema é alvo do MP, que entrou na época na Justiça Federal com ação em parceria com o Ministério Público Federal (MPF) tentando barrar essa situação sob o argumento de que o controle de veículos é atribuição de polícia, já que carros e motos são constantemente usados para a prática de crimes e também são alvo frequente de furtos e roubos.

Outra questão que leva o MP a ser contrário a entrada de empresas privadas no setor é o aumento do valor pago pela população a realização do serviço de vistoria veicular, que segundo o promotor oneraria em mais encargos as pessoas que já sofrem com a alta carga tributária do país. “O MP vai tomar todas as providências e já instaurou um inquérito civil público para verificar se está havendo a tentativa de transferir essa atividade para o poder privado. Se isso acontecer a promotoria vai ajuizar uma ação buscando a nulidade de qualquer ato da administração nesse sentido”, afirma.

Continua depois da publicidade

O assunto foi discutido nesta manhã de terça-feira em audiência pública convocada pela Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), com presença de representantes da Polícia Civil para explicar o que está em andamento no âmbito do credenciamento de empresas para realizar vistoria.

Segundo o delegado Felipe Fonseca, que representou o chefe do Detran/MG, César Augusto Monteiro Alves Júnior, o credenciamento de empresas está em curso, mas toda e qualquer irregularidade será verificada pela Polícia Civil. O policial justificou a necessidade de credenciamento para que a tecnologia seja incorporada ao processo de vistoria de veículos, o que atualmente não acontece em Minas Gerais. “O Detran detém o poder de polícia e mantém esse poder em mãos, na regulação da atividade, no controle da atividade e validação de todo e qualquer laudo que for emitido, com uma alta tecnologia, que hoje o estado não dispõe, e muito menos dispõe de capacidade financeira na execução”, afirma o delegado.

Compartilhar:

Ocorrência em andamento no Distrito de Santo Hilário, município de Pimenta, pertencente ao 63° BPM.

*63° BPM / 7a Cia PM Ind MAT / 7a RPM*

Ocorrência em andamento no Distrito de Santo Hilário, município de Pimenta, pertencente ao 63° BPM.

Durante averiguação de uma denúncia sobre a presença de caçadores em uma residência, policiais militares abordaram e efetuaram a prisão de 08 pessoas e apreensão de 01 submetralhadora, 02 revólveres calibre .38, bananas de dinamite e metalom cheio de pólvora.

Batalhão de Operações Policiais Especiais - BOPE / PMMG, acionado.

Quadrilha confessou autoria de explosão a caixa eletrônico em Pains  e assumiu que iriam explodir uma agência bancária em Pimenta.

*ACO - 7a RPM*

Compartilhar:
Infelizmente não tem como prestar solidariedade a Página da PM de Baependi. Criei um post, pedindo que as pessoas fossem ajudar a defender a Polícia Militar de Baependi, O adm é extremamente sem educação, cínico,  intolerante, despreparado. Acha que a página é dele e não da PMMG. Mistura assuntos pessoais, tentando denegrir e desqualificar quem quer ajudar ou minimizar o desastre que foi feito com algumas ocorrências, as quais publicaram, e o povo está metendo a ripa.
O administrador deve valorizar quem detona a página. E não quem a defende. As respostas dele são infelizes e pessoais. Esqueceu  o que a PM preserva. Com essas atitudes, está desmoralizado mais ainda a imagem da PMMG.  Uma pena.
Compartilhar:

Denuncie


Compartilhar:

MOTIVO DO DESPERTADOR  HELICOPTERO LOGO CEDO EM MONTES CLAROS😊😊 17.08
OPERAÇÃO BLINDADO.
F

O Ministério Público de Minas Gerais, por meio do Grupo de Atuação Especial e
Combate ao Crime Organizado – GAECO, unidade Montes Claros, a Polícia Civil de Minas
Gerais e a Polícia Militar de Minas Gerais deflagraram, na manhã desta terça-feira de 17
de abril de 2018, a operação conjunta “Blindado”, para combate e repressão ao crime
organizado ligado à explosão de caixas eletrônicos e delitos de roubo praticados em
diversos municípios no norte de Minas Gerais.
Ao todo, serão cumpridos 25 (vinte e cinco) mandados de prisão, sendo 16
(dezesseis) de prisão preventiva e 9 (nove) de prisão temporária, e 42 (quarenta e dois)
mandados de busca e apreensão, nos municípios de Montes Claros, Francisco Sá,
Bocaiúva e Janaúba. Além dos Promotores de Justiça do GAECO Montes Claros e
Delegados de Polícia Civil de Montes Claros, a Operação Blindado conta com a
participação de 87 policiais militares, 26 viaturas da Polícia Militar, 1 (um) helicóptero da
Polícia Militar e de cães da equipe do Canil da Polícia Militar de Montes Claros, além de 59
policiais civis, 18 viaturas da Polícia Civil e 1 (um) helicóptero da Polícia Civil.

O trabalho investigativo e de inteligência, que teve início em meados de 2016, foi
desenvolvido em conjunto pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime
Organizado de Montes Claros (GAECO Montes Claros), pela Polícia Civil de Minas Gerais
e pela Polícia Militar de Minas Gerais.
Durante as investigações, surgiram indícios e provas da prática, pelos investigados,
dos delitos de organização criminosa, posse e porte de armas de fogo de uso permitido e
restrito, roubos, explosões de caixas eletrônicos e latrocínio. Foi também constatado, logo
quando do início das investigações, a utilização de veículos blindados pelos investigados,
fato que deu origem ao nome da operação ora deflagrada.
Os mandados de prisão e de busca e apreensão foram deferidos e expedidos pelo
Exm.º Juízo da 2ª Vara Criminal da Comarca de Montes Claros, após requerimento
formulado pelo GAECO Montes Claros e pela Promotoria Natural nos autos do Inquérito
Policial e do Procedimento Investigatório Criminal atinentes aos autos, onde, inclusive, já
oferecida denúncia pelo delito de organização criminosa em face de alguns dos alvos da
operação.

Maiores informações serão oportunamente repassadas pelas autoridades
responsáveis em coletiva a ser realizada nesta data, às 10:00 horas, na sede da 11ª RISP,
localizada na Av. Maj. Alexandre Rodrigues, 301, bairro Ibituruna, em Montes Claros.

Montes Claros, 17 de abril de 2018.

GAECO Montes Claros

Polícia Civil de Minas Gerais

Polícia Militar de Minas Gerais

Compartilhar:

Vagas para escrivão, agente, investigador, perito e delegado da Polícia Civil

Com mais de 1800 vagas, Polícia Civil abre concurso em três estados brasileiros; confira
As vagas são para escrivão, agente, investigador, perito e delegado

https://t.co/rB8AXyWyhe

Compartilhar:

Hoje é a inauguração das novas instalações do 35° BPM, Santa Luzia.

Batalhão da viaturas fantasmas.

Compartilhar:

Concurso Soldado da PMMG: Aguardando autorização da COF


Compartilhar:

Eu acredito que, no atual momento, serve para todos, de qualquer localidade.

Eu acredito que, no atual  momento, serve para todos, de qualquer localidade.

“Estamos em tempos de guerras e aí vão algumas
*Medidas cautelares:*

1- Evite bares noturnos ou lanchonetes em locais abertos.

2- Evite sair de casa após dez da noite.

3- Transite somente por vias movimentadas. *Evite atalhos* no período noturno principalmente no bairro do comércio.

4- Não demorem no embarque e no desembarque do veiculo! Combine com familiares.

5- No desembarque cada um bate sua porta e o motorista tranca as portas no controle remoto ao mesmo tempo que se afasta rapidamente do veículo!

6- *Se despeça dentro de casa,* embarque rápido e saia  com o veículo. Evite ficar parado dando bobeira, ao embarcar devagar ou se despedindo na rua.

7- Passeios de preferência em Shoppings.

8- Ao parar em um sinal, mantenha distância do veículo da frente, para que você possa ver os pneus traseiros. Assim dá para sair rapidamente sem manobrar, se for preciso.

9- Evite parar na faixa da esquerda do semáforo. De preferência a faixa do meio.

10- Mantenha distância de duplas, em motocicletas.

11- Nunca parem para falar no *WhatsApp* dentro dos veículos.

12- Se for aguardar alguém em algum lugar, observe antes ao redor, estacione o veículo com segurança, apague todas as lâmpadas, puxe o freio de mão e retire o pé do freio (para apagar a luz de freio! (veículo sempre com todos vidros fechados e filmados com película.

13- Se perceber suspeitos, *dê várias voltas* antes de entrar com o carro na garagem. Ao sair de casa, olhe atentamente se não tem ninguém na rua. De preferência, pelas câmeras de TV ou no celular.

14- Quem mora em casa, instale cerca elétrica, portão automático, sensores, câmeras com monitoramento real.  Tenha cães de guarda. O melhor ainda é optar por condomínio fechado ou apartamento.

15- Quem tiver condições de comprar um carro blindado, compre!

16- Sempre suspeitar de tudo e de todos. *Ter uma postura defensiva é estar sempre atento.*

17- A pé ao ouvir disparos, diminua a silhueta, deite-se ou abaixe-se imediatamente, de preferência ao lado de algo rígido que sirva de proteção. Ex.: meio fio, mureta, roda dianteira (ao lado do motor) de carros estacionados.

18- Ao se dirigir ao veículo estacionado, nunca vá diretamente à ele. *Observar todo ambiente em volta* e se estiver tudo tranquilo, *embarcar e sair rapidamente.*

19- Quando for a algum ambiente público como padarias, restaurantes ou bares, dê preferência aos que têm câmeras e segurança armada.

20- Nunca ir a *caixas eletrônicos à noite, nem no fim de semana* e nem em lugares desertos. Dê preferência aos shoppings.

21- Antes de entrar em algum estabelecimento sempre observe se as pessoas estão agindo com naturalidade, pessoas muito paradas sem se mexer podem estar sendo assaltadas.

22 - Nada de conversas, no portão e em frente de casa na calçada.
*Esse tempo já passou!*

23 - O mais Importante: *Se for surpreendido não faça movimentos bruscos e NUNCA REAJA!!*”

🙋🏽‍♀Oriente sua família!

Compartilhar:

Visita tranquilizador, vai vigiar se o PM está cumprindo o atestado em casa. Deveriam levar um profissional para avaliar o estado psicológico dele.

Compartilhar:

'Atirou contra a polícia, será revidado', diz Cmt

https://youtu.be/jhcGCObv0us
Compartilhar:

Concurso Exército

Exército

Vagas: 1.100.Cargos: sargento (nas áreas geral/aviação, música e saúde).Escolaridade: Ensino Médio.Salário: R$ 1.066 durante o curso de formação e R$ 3.584 após o curso.Inscrições: até 27 de abril pelo site www.esa.eb.mil.br.Taxa de inscrição: R$ 95.

Compartilhar:

Concurso Corpo de bombeiros MG

> Corpo de Bombeiros de Minas Gerais

Vagas: 30.Cargo: oficial. Escolaridade: Ensino Médio.Salário: R$ 5.769,42 durante o curso de formação.Inscrições: até 9 de maio pelo site www.gestaodeconcurso.com.br.Taxa de inscrição: R$ 177,49.Prova: 10 de junho.

Compartilhar:

Concurso PMESP

>> Polícia Militar de São Paulo

Vagas: 2.700.Cargo: soldado PM de 2ª classe.Escolaridade: Ensino Médio.Salário: R$ 3.049,41.Inscrições: até quinta-feira pelo site www.vunesp.com.br.Taxa de inscrição: R$ 50.Prova: 3 de junho.

Compartilhar:

Concurso PMGO

Concurso PMGO

A publicação no Diário Oficial estabelece que o concurso da PMGO 2018 contratará 1.920 candidatos para o cargo de Soldado de 3ª classe e 80 para o cargo de Cadete.

Os soldados deverão ter curso superior em qualquer área e terão salário de R$ 1.500 para jornada de 42 horas semanais.

Já os cadetes devem ser formados em curso superior de Direito e receberão R$ 5.401,43 pelas 42 horas trabalhadas por semana.

Compartilhar:

Visitas tranquilizadoras...🤔

sem comentários

Compartilhar:
Foi solicitado, através  de Pms e familiares,  contato com o Cel EMPM e o Cmt da 2 RPM, sobre o estágio dos novos Soldados. Nenhum deles tá nem aí para a tropa.
Atingiram o cargo máximo na instituição e o resto que se fodas. Alguns militares foram dispensados do serviço na semana passada, por falta de armamento. 01 para os Coronéis  x Zero para a sociedade. Não sei de quem foi essa ideia de jerico,  que os Soldados devem passar por várias unidades da 2 RPM antes de ir definitivamente para uma unidade. Esquecem que os PMs tem família. Estão sem residência fixa por causa da distância entre uma unidade e outra. Transitam sem armamento. Deslocamento da casa até a unidade é muito longo. Enfim, não ta o nem ai. Depois reformar e ficam nas portas de quartéis aguardando serem reconhecidos. Tomara que um governador não petista ganhe, e passe o rodo em muitos . Vão ficar abandonados no corredor. Lugar que nunca deveriam ter saído.
Compartilhar:

Compartilhar:

Aécio tá mais ou menos fudido

AS VÉSPERAS DE JULGAMENTO

Em artigo publicado na Folha, Aécio se defende de denúncia da PGR

Sua irmã ofereceu o imóvel a alguns empresários, incluindo Joesley Batista

PUBLICADO EM 16/04/18 - 10h24

Agência Estado

Siga pelo twitter @otempo

Na véspera do julgamento previsto no Supremo Tribunal Federal (STF) do inquérito em que é denunciado pela Procuradoria-Geral da República por corrupção passiva e tentativa de obstrução da Lava Jato, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) diz, em artigo publicado no jornal Folha de S Paulo, que no País todos os políticos são considerados, de antemão, culpados. 

Aécio foi denunciado após aparecer em gravação do dono da JBS, Joesley Batista, pedindo R$ 2 milhões, que a PGR sustenta ser propina e o senador nega, alegando que o dinheiro foi resultado de um empréstimo firmado entre ele Joesley.

Se a denúncia for acatada nesta terça-feira, 17 pelo STF, o senador mineiro passa a ser réu. Além de Aécio, sua irmã Andrea Neves, seu primo Frederico Pacheco de Medeiros e o advogado Mendherson Souza Lima também foram denunciados pela prática do crime de corrupção passiva.

No artigo publicado na Folha, Aécio diz que em 2017 precisou contratar advogados, então sua mãe colocou um apartamento à venda porque ele não possuía os recursos necessários. Sua irmã ofereceu o imóvel a alguns empresários, incluindo Joesley Batista.

O senador mineiro diz que a PF recuperou um telefonema, não citado pelo delator, no qual fica claro o objetivo do contato feito, que era a venda do imóvel. E diz estar arrependido de ter usado, "numa conversa criminosamente gravada e induzida por Joesley", vocabulário inadequado e fazer "brincadeiras injustificáveis e de mau gosto", das quais afirma estar arrependido profundamente. "Fui ingênuo, cometi erros e me penitencio diariamente por eles, mas não cometi nenhuma ilegalidade", argumenta Aécio.Em artigo publicado na Folha, Aécio se defende de denúncia da PGR

Compartilhar:

Fim da prisão após segunda instância pode tirar 22 mil da cadeia

Compartilhar:

Certa vez ouvi que o nosso IPSM vale uma Guerra, que Guerra ? Que tiro foi este ? Qual foi o resultado concreto da Audiência Pública ? Na realidade para que ela serviu ? O Desgovernador Pimentel (Caloteiro), não se preocupar com isto, temos que trabalhar contra a imagem dele é sua corja Petista. Que tal Ouro Preto dia 21 de Abril todo Funcionalismo, não precisam dizer que a ideia foi nossa, podem assumir a paternidade, não precisamos nem entrar na cidade , basta levar faixas e cartazes para próximo o bloqueio denunciando a proteção de um réu da operação acrônimo.

Compartilhar:

Amigos, o Grupo Mobilização Independente UAI, em sua assembleia ordinária, realizada na data de 14 de Abril, sábado próximo passado, deliberou que apesar da lei eleitoral não permitir que o governador faça qualquer reajuste nos nossos salários, não impede que ele continue colocando em prática suas maldades, nós não iremos de maneira alguma dar sossego a este caloteiro. Por isto estamos organizando uma caravana em Ouro Preto, sabemos das dificuldades que iremos encontrar, mas não nos curvaremos jamais diante destes comunistas corruptos. Convidamos a todos a participarem, neste próximo sábado dia 21 de Abril em que este Caloteiro vai homenagear a PRESIDANTA DILMA, basta se manifestar aqui ou no meu privado e aqueles que não puderem colaborem para nos ajudar custear as despesas, qualquer quantia será bem vinda, deposite Banco do Brasil , Agência 3205-0, Conta Poupança 46049-4, Variação 51. Lembrem-se não podemos recuar, UNIDOS SOMOS IMBATÍVEIS.             Cláudio Corrêa Subtenente Coordenador do Grupo Mobilização Independente-UAI.

Compartilhar:

Lute pelo fim do foro privilegiado!

Dia 2 de maio o Supremo decidirá pela restrição do foro. Vamos cobrar os ministros?

Em https://t.co/tK9l5fhnJr você pode entrar em contato com todos os ministros, por telefone, e-mail e redes sociais. https://t.co/jLpqh7c4DK

Compartilhar:

Juízes do RN vão receber auxílio retroativo a 1996

Compartilhar:

Cuidado, Bolsonaro! Aqui no Brasil, Lula é o único sujeito que tem Imunidade Parlamentar mesmo não sendo mais político. Ele pode chamar os gays de 'viado', policiais federais de 'filhos da puta', mulheres de 'grelo duro', juíz de 'débil mental' e a Suprema Corte de 'acovardada'.

Compartilhar:

A Câmara dos Deputados abre uma licitação para reformar parte dos apartamentos funcionais. O edital prevê, inclusive, a troca de algumas banheiras de hidromassagem, dos aquecedores e das bombas. O gasto previsto é de quase R$ 3 milhões.

Compartilhar:

Triste ver a velha tática esquerdista e de "concorrentes" em querer destruir minha  reputação , Manipular Pessoas E Redes Sociais  em épocas de eleição.
Desanima viu.. .😐

Compartilhar:

Hoje foi um dia fraco de notícias. Só teve: Marielle. Pesquisa presidencial e futebol.

Compartilhar:
Resultado de imagem para DEIXA ARDER
Compartilhar:

Primeira mulher a chefiar PM ignora simbolismo e fala em disciplina na corporação

Compartilhar:

Mais de 250 kg de maconha são encontrados em caminhão na MG-255, em São Francisco Sales

Segundo a polícia, 283 kg de maconha estavam escondidos em cabine de caminhão interceptado na MG-255, em São Francisco de Sales (Foto: Polícia Militar Rodoviária/Divulgação)
Compartilhar:

1.400 vagas para escrivão e investigador PC

Polícia Civil de São Paulo
Inscrições: até 15/05/18
1.400 vagas para escrivão e investigador
Salários de até R$ 3.743,98
Cargos de nível superior
Compartilhar:

CONCURSO DELEGADO PCMG

PCMG
Inscrições: até 15/05/18
76 vagas para delegado
Salários de até R$ 11.475,57
Cargos de nível superior
Compartilhar:
Compartilhar:

Época que o bigode era padrão e impunha respeito... Conceição de Ipanema, anos 80

Época que o bigode era padrão e impunha respeito... Conceição de Ipanema, anos 80
Compartilhar:

FELIZ ANIVERSÁRIO. CABO ANTUNES BATALHÃO DE CHOQUE


Compartilhar:

Siga Renata Pimenta no facebook

Compartilhar:

LUTO PMMG


Compartilhar:

Compartilhar:

Compartilhar:

PM afastado por problemas psicológico, é suspeito de Matar a ex mulher e foge com filha de quatro anos

Policial é caçado depois de matar ex-mulher e fugir com filha na Zona da Mata

O soldado do 29º Batalhão matou a ex-mulher e fugiu de carro pela rodovia BR-040 com a filha do casal. A Polícia Rodoviária Federal foi acionada e a PM também o rastreia

MP Mateus Parreiras

postado em 15/04/2018 09:05 / atualizado em 15/04/2018 10:30

 

Soldado Gilberto e a mulher dele que foi assassinada, policial está sendo caçado pela Políci Rodoviária Federal e a própria corporação em Santos Dumont(foto: Divulgação)

Depois de perseguir por anos a ex-companheira, o soldado da Polícia Militar Gilberto Novaes, lotado em Campestre, no Sul de Minas, matou a ex-mulher a tiros e levou a filha de 4 anos. Ele está sendo perseguido pela PM e pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), pois sua rota de fuga foi pela rodovia BR-040.

De acordo com informações da PM, o soldado está armado e foge num automóve Fiat Palio, de placa GWK-1390, cor cinza escuro. A corporação informou que as brigas entre o casal erasm frequentes e por esse motivo as viaturas da polícia faziam contatos frequentes numa atitude que a PM classificou como "visitas tranquilizadoras".

 

Ele matou a tiros a ex-companehira, Sthefania Ferreira, de 29 anos, na casa dela, no Bairro Córrego de Ouro. Gilberto atacou quando Sthefania saiu de casa para receber comida encomendada. Segundo o namorado da vítima, que estava na casa, o militar entrou armado dentro na residência, disparou contra a mulher e saiu com a filha no colo. Ele informou que teve de se esconder atrás de um poste para se proteger quando ouviu os tiros.

 

De acordo com a PM, o policial estava afastado por problemas psicológicos e estava ligado ao 29º Batalhão, de Poços de Caldas, no Sul de Minas. A vizinhança disse aos investigadores que as brigas entre Gilberto e Sthefania eram frequentes e brutais, motivo pelo qual ela pediu proteção à polícia. 

 

Aguarde mais informações. 

Compartilhar:

PF apura conduta de delegado que postou que 'é hora' de prender Temer, Alckmin e Aécio

PF apura conduta de delegado que postou que 'é hora' de prender Temer, Alckmin e Aécio

goo.gl/rGwvf4 | A Polícia Federal apura a conduta de um de seus delegados que escreveu um post em sua página Facebook de que "é hora de serem investigados, processados e presos os outros líderes de viés ideológico diverso, que se beneficiam dos mesmos esquema ilícitos que sempre existiram no Brasil (Temer, Alckmin, Aécio, etc)".

A postagem ocorreu na noite de sábado (7), quando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estava sendo conduzido em um avião de São Paulo para Curitiba, onde permanece preso cumprindo pena por lavagem de dinheiro e corrupção.



Posto do delegado da PF Milton Fornazari Junior em sua conta no Facebook (Foto: Reprodução/Facebook/Milton Fornazari Junior)

Segundo a PF, "medidas administrativo-disciplinares" serão tomadas em relação ao caso. A PF não especificou quais punições o delegado está sujeito.

Milton Fornazari Jr. coordenou, entre 2015 e 2016, a delegacia de Combate à Corrupção e Crimes Financeiros da superintendência da PF em São Paulo e, após a polêmica, fez novo post no Facebook, no domingo (8), afirmando que o comentário foi externado como "opinião exclusivamente pessoal como cidadão em relação à minha indignação com a corrupção na política brasileira em geral".

Fornazari participou de investigações iniciais de corrupção e lavagem de dinheiro envolvendo doleiros que deram força à criação da força-tarefa da Lava Jato, que investigou escândalos de corrupção e desvio de recursos públicos na Petrobras. Ele atua também na área de cooperação jurídica internacional.

No post no sábado, o delegado dizia:

"Lula preso. Objetivamente, ele recebeu bens, valores, favores e doações p seu partido indevidamente, por empresas q se beneficiaram da corrupção em seu governo. Por isso merece a prisão. Agora é a hora de serem investigados, processados e presos os outros líderes de viés ideológico diverso, que se beneficiaram dos mesmos esquemas ilícitos que sempre existiram no Brasil (Temer, Alckmin, Aécio, etc). Se isso acontecer, teremos realmente evoluído muito como civilização, se não acontecer e só Lula ficar preso infelizmente tudo isso poderá entrar para a história como perseguição política".

A PF diz que o delegado não fala pela institução e que "jamais se manifesta por meio de perfis pessoais de seus servidores".

Após a repercussão do caso, o delegado fez um novo post na rede social Facebook, fechado para amigos, e enviada por ele ao G1 com sua manifestação.

O segundo post do delegado diz:

"Amigos, ontem externei minha opinião exclusivamente pessoal como cidadã em relação à minha indignação com a corrupção na política brasileira em geral. Citei o caso transitado em julgado em segunda instância do ex-presidente Lula e os de outros políticos notoriamente investigados em Brasília, nas instâncias superiores, como os motivos da minha indignação pessoal. Vamos todos manter a serenidade e sigamos em frente. Abraços".

G1 pediu a posição do PSDB nacional e estadual, a respeito das citações ao ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin e a Aécio Neves, e também à Presidência da República, pela citação ao nome do presidente Michel Temer. Até a publicação desta reportagem, nenhum deles havia se manifestado.



Delegado fez novo post, afirmando que externou 'opinião pessoal' e de 'indignação (Foto: Arquivo Pessoal/G1)

Veja a nota da PF

"1) O delegado de Polícia Federal Milton Fornazari Jr. não é responsável pela Delegacia de Combate à Corrupção e Crimes Financeiros em São Paulo, tendo exercido a chefia da delegacia de 26/10/2015 a 02/11/2016;

2) O mencionado servidor não faz parte do corpo diretivo da PF em São Paulo e tampouco é porta voz desta instituição;

3) A PF jamais se manifesta oficialmente por meio de perfis pessoais de seus servidores;

4) As declarações proferidas são de cunho exclusivamente pessoal e contrariam o normativo interno referente a manifestações em nome da instituição, razão pela qual serão tomadas as medidas administrativo-disciplinares em relação ao caso concreto;

5) A PF reitera seu compromisso, como polícia republicana, de trabalhar de forma isenta, discreta e apartidária, nos estritos limites da lei."

*(Foto meramente ilustrativa: reprodução Internet)

Fonte: g1 globo

Compartilhar:

Sem mimimi. O doutor mais jovem do Brasil é negro e filho de pedreiro e costureira

Orgulho! O doutor mais jovem do Brasil é negro e filho de pedreiro e costureira

Em 13/04/2018 | Baixe o App amo Direito

762

goo.gl/AtXeXq | Jovem negro de 26 anos, Guilherme Lopes se tornou o doutor mais jovem do Brasil. Filho de pedreiro e costureira, o universitário teve sua tese de doutorado em biologia aprovada pela UFPI, em Paranaíba, Piauí.

Intitulada “Bioprospecção da bergenina isolada de Peltophorum dubium, com ênfase nas propriedades antioxidantes e anti-anti-inflamatórias: aporte para o desenvolvimento de novos fitomedicamentos”, a tese é fruto de oportunidades alcançadas em função de programas de ações afirmativas e de incentivo a pesquisa, como o Ciência sem Fronteiras.

Foi por meio da bolsa que Guilherme, natural de Piripiri, no Piauí, teve a oportunidade de passar um ano na Espanha aperfeiçoando sua pesquisa no Departamento de Farmacologia da Universidade de Sevilla.

Aluno de escola pública, o caminho de Guilherme Lopes foi pavimentado em função do ENEM e do PROUNI, facilitadores para que conseguisse bolsa de estudos no curso de Biomedicina da Faculdade Maurício de Nassau, na capital Teresina.

Atualmente lecionando nas disciplinas de Farmácia e Enfermagem na Faculdade Chrisfapi, o jovem ressaltou o apoio para concluir o objetivo de se tornar Doutor. “Me lancei ao novo, vivenciei o inesperado, saboreei o doce e o amargo, mas em todo o tempo o Todo Poderoso cuidou de mim”, declarou ao site Awebic.

Meritocracia não, políticas públicas

Beneficiado por uma série de políticas públicas de democratização do acesso aos estudos, a história de Guilherme reafirma a necessidade do fortalecimento das ações afirmativas como instrumentos de saneamento de desigualdades históricas. Entre elas se destacam a Lei de Cotas, sancionada pelo governo federal em 2012 e que desde então provocou uma mudança no perfil dos estudantes universitários e de institutos federais.

Ao reservar 50% das vagas para alunos negros, indígenas ou pessoas vindas de escolas públicas, a iniciativa deu mais um passo para a equidade racial e inclusão social. Para se ter ideia dos efeitos das cotas, o número de negros nas universidades dobrou em menos de 10 anos. De acordo com dados da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, a Seppir, a medida já ofertou por volta de 150 mil vagas para negros até 2015.

“Em três anos a Lei de Cotas nas Universidades provou ser um instrumento eficaz para reduzir as desigualdades existentes na sociedade. A medida permitiu o ingresso no ensino superior de jovens que normalmente não teriam essa chance”, explicou a ex-ministra da Seppir Nilma Lino Gomes em matéria do Geledés.

Os avanços são substanciais, mas ainda é preciso percorrer um longo caminho, já que a disparidade entre negros e brancos permanece enorme. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que em 2015 o número de negros entre 18 e 24 anos que chegaram ao nível superior era de 12%, ou seja, menos da metade dos 26,5% de brancos.

O IBGE destaca ainda que a dificuldade de acesso dos negros se dá pela educação defasada recebida por esta parcela da população. No tempo em que deveriam estar matriculados em universidades, 53,2% dos negros ainda estão no ensino fundamental ou médio, ante 29,1% de brancos.



A intelectual Sueli Carneiro é uma das grandes defensoras das ações afirmativas no Brasil

Sueli Carneiro, doutora em Educação pela Universidade de São Paulo (USP) e fundadora do Geledés – Instituto da Mulher Negra – primeira organização negra e feminista independente de São Paulo, acredita que a as cotas escancaram os efeitos causados pelo racismo na sociedade brasileira.

“O melhor das cotas é a sua capacidade de tirar as máscaras do racismo, da discriminação racial, e explicitar a verdadeira natureza dessas ideologias: a legitimação de privilégios raciais e sociais. Elas obrigam que os diferentes interesses envolvidos e beneficiários da exclusão se manifestem. E é por isso que elas são capazes de galvanizar a opinião pública porque o monopólio histórico dos grupos racialmente hegemônicos no acesso as melhores oportunidades sociais se vêem por elas ameaçados. Para preservá-los, diferentes discursos são acionados”, salientou em artigo publicado no próprio Geledés.

Por Abr Jurídico e Contabilidade
Fontes: hypeness Jus Brasil

Compartilhar:
Proxima  → Página inicial

Siga no facebook

Siga no facebook
Clique

Siga no facebook

Siga no facebook
Cluque

SIGA NO FACEBOOK

.

.

Seguidores

Google+ Blog da Renata

.

.

Popular Posts

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

Olha o gás

Será que amanhã vão jogar nos PMs de Juiz  de Fora,  que vão para Ouro Preto Amanhã?

Pesquisar este blog

Pages - Menu